0

Receita: Ovo de páscoa na travesa

10169322_623258781083810_3323424673124058481_n

Oláaaa gente, tudo bem com vocês? Quanto tempo eu não apareço por aqui né?! Pois é, a vida está me apertando cada vez mais, ultimamente estou vivendo sem tempo pra viver. Além de ser o último ano do colégio comecei a fazer cursinho, e ainda continuo nos meus cursos extracurriculares. Dá pra imaginar né o sufoco que eu estou passando?! Por isso tenho estado tão ausente aqui no blog :/ Mas eu estou tentando me organizar melhor nesse segundo semestre, e voltar a postar aqui com mais frequência. Espero que vocês entendam e me desculpem.

Agora chega de desculpas e vamos ao o que realmente interessa: PÁSCOAAAA! Bom, como já disse estou sem tempo de postar aqui no blog, então resolvi aproveitar o feriadão prolongado para fazer as pazes com vocês. E sobre o que eu poderia falar no feriado de páscoa sem ser chocolate? (Na verdade eu poderia falar sobre várias outras coisas, mas eu escolhi chocolate hahah)

Eu sou chocólatra assumidíssima, quem me conhece sabe, então a páscoa é uma época bem feliz para mim. Só que neste ano minha mãe resolveu aderir uma nova “tradição” de páscoa. Ao invés de comprar os caríssimos ovos de páscoa, nós fizemos o nosso próprio ovo de páscoa só que em uma travessa. O doce ficou tão bom que eu resolvi postar a receita aqui para vocês:

Ingredientes:

3 latas de leite condensado

2 latas de leite

6 gemas

1/2 colher de sopa de essência de baunilha

2 latas de creme de leite

2 xícaras de chocolate meio amargo picado

1/2 xícara de castanha de cajú picada

2 colheres de sopa de maisena

Modo de preparo:

Em uma panela coloque o leite condensado, a maisena dissolvida no leite, as gemas e leve ao fogo médio mexendo até engrossar. Desligue e acrescente a baunilha. Espere esfriar um pouco e acrescente o creme de leite. Separe 1/3 da mistura e reserve. No creme restante, misture o chocolate amargo derretido. Em um refratário coloque metade do creme de chocolate no fundo. Leve ao congelador por 15 minutos, retire e cubra com o creme branco. Distribua a castanha de cajú e volte ao congelador e em seguida cubra com o restante do creme de chocolate. Leve a geladeira por 2 horas antes de servir.

Bom gente, espero que vocês gostem da receita assim como eu gostei, só não vale exagerar hein hahah

Feliz Páscoa 🙂

(Roberta Tokunaga)

Anúncios
0

Páscoa

Oi!

Páscoa! Ah, a páscoa, essa mágica época do ano que a gente come chocolate aos montes! Não que eu não coma menos chocolate no resto do ano, mas na páscoa é mais!

Mas o que eu realmente curto na páscoa são as lembranças de quando eu era cirança. Eu não sei vocês, mas, na minha família, nós falamos para as crianças que elas só ganharão o tão esperado ovo de chocolate se deixarem as chupetas na janela, pra quando o coelhinho da páscoa vier, trocar todas aquelas chupetas por um ovo de chocolate, o qual na verdade, quando a gente é criança não tá nem aí pro chocolate, só quer logo o brinquedo que vem dentro. Eu fiz isso, troquei 6 chupetas (sim, eu era uma maníaca quando criança, não que isso tenha mudado muito) por um ovo da Barbie, quer dizer, pelo brinquedo que vinha dentro do ovo da Barbie, porque o chocolate em si era horrível!

Há alguns anos atrás eu descobri o real valor do chocolate, o quão bom ele é, e ainda bem que mudamos de ideia toda hora. Hoje eu não escolho meus ovos pelos brindes, o que seria muito estranho mesmo, afinal eu tenho 15 anos, mas se eu fosse parar e pensar que há 10 anos eu nem imaginava em pedir ovos que sejam realmente gostosos para os meus pais, é uma mudança incrível. Do nada, de uma páscoa para a outra (acredito eu que na mesma que eu deixei de acreditar naquele coelho fedido) eu mudei de idéia, eu não queria mais o ovo da Fofolete só porque vinha uma dentro, eu queria um ovo prestígio, ou um caseiro, que viesse com váários bombons dentro.

Quando parei para pensar em tudo isso, imaginei que, em alguns anos, eu nem goste mais tanto assim de prestígio que, desde que eu comecei a pedir ovos gostosos, é o meio chocolate favorito, talvez eu nem curta tanto assim a páscoa, porque talvez, não tenha mais coisas boas para se lembrar dela já que todas as lembranças eu gastei na minha adolescência. Por contra partida, eu posso continuar gostando de prestígio, de lembrar as coisas estúpidas que fazíamos na minha infância, ninguém nunca sabe o que pode mudar de uma páscoa para a outra.

Então, espero que vocês tenham uma boa páscoa, comam muito peixe e chocolate, e espero que, quando vocês eram crianças, tenham feito muito seus pais gastarem dinheiro comprando ovos de páscoa com o gosto horrível só por causa do brinde.

Besitos, Carol Thaís