Recomeço

Eu me sinto muito muito muito (add infinito) envergonhada de estar postando aqui depois de tanto tempo. Sério, eu nem entro no blog mais e desculpa por isso. O wordpress mudou todo o layout do site e eu nem sabia, a Roberta postou sobre o show da Demi e eu nem li, ok, acho que deu pra ter uma leve ideia.

Eu poderia dar mil desculpas e dizer que estava super atarefada durante todos esses meses, mas é uma desculpa tão batida que acho que nem cola mais. Sendo assim, vamos aos motivos que me levaram a essa grande e não intencional pausa:

1. Memória. Eu realmente esqueci que tinha o blog por um grande período de tempo e, quando lembrava, pensava que poderia escrever depois;

2. Escola. Não que eu seja super estudiosa e esteja conseguindo estudar para o vestibular, logo não tenho tempo, ou que a minha escola mande tantos trabalhos que eu não faça nada senão isso. A verdade é que os meus professores estão sendo uns amores (alguns) e raramente pedem algum trabalho que realmente pegue uma parte do meu tempo. Ah, Caroline, então por quê você colocou a escola como um dos motivos desse seu afastamento? Simples: embora eu não esteja fazendo nada das coisas que me deixa ocupada, eu tento fazê-las e é nesse tentar ser organizada para conciliar coisas como o blog e os estudos é que eu me atrapalho toda e acabei dando prioridade à escola;

3. Tempo. Esse malandrinho do tempo anda voando em minhas mãos, deve ser por isso que eu sinto como se tivesse fazendo pouquíssimas coisas;

4.Vida. Parafraseando um amigo meu: “A vida é uma piranhuda.”. E ela é mesmo, é meio óbvio que eu tenho uma vida fora do computador (embora não pareça), então, eu venho me preocupando mais em viver minha vida, sair com meus amigos e me divertir mais, tentar mudar um pouco o jeito de ver as coisas, mas acho que aprofundaria isso em outro post.

Enfim, esses foram os meus motivos. A essa altura do campeonato você deve estar pensando que tudo isso foi uma bosta e que era melhor eu ter ficado sem escrever nada mesmo, devo dizer que meio que concordo contigo. 

Como gosto de ser do contra, quero escrever mais, já que, entendam a gravidade da situação, ultimamente não tenho escrito nada, juro, a última coisa que eu escrevi foi aqui, há 520 anos atrás, então desculpa se esse texto estiver uma merda, é falta de prática.

A questão é que nesses meses que fiquei sem escrever, tanta coisa mudou na minha vida, umas para melhor, outras não tenho certeza ainda, e eu simplesmente não dividi de uma das formas que eu mais gosto: escrevendo aqui. Acredito que todos precisamos mesmo de um tempo as vezes e realmente não faz mal a ninguém, mas quando você começa a se afastar de todas as coisas que você ama, tem que vir de dentro e dar um basta.

Foi mais ou menos o que rolou comigo, como eu já disse, muita coisa aconteceu na minha vida e todas essas coisas e sentimentos foram se acumulando dentro de mim até eu não ter vontade de não fazer mais nada, além de já ter me afastado da escrita, me afastei da dança e, nessa semana chegou a um ponto insustentável. Eu estava afastando tudo o que antes me fazia bem porque elas não estavam mais me fazendo feliz. Fui perdendo a vontade de fazer as coisas a ponto de não me reconhecer mais, sério. 

Entretanto, cá estou eu, escrevendo aqui e tentando dar o primeiro passo para esse grande sacode que to querendo dar em mim mesma. Não vou mentir pra vocês que falar que com certeza eu vou postar toda semana agora e com vários temas diferentes e nem vou fazer essa promessa pela Roberta também, mas quero tentar, isso eu posso garantir.

Subir quando se está afundando requer uma força de vontade muito grande, e é o que eu espero ter. Quero muito que esse blog me ajude nessa, então, se algum de vocês (se é que ainda tem gente que lê o blog ou espera por atualização [se tem, mil desculpas mesmo, sério, nem me deixa saber disso que eu vou me sentir pior -mentira, pode comentando aí]) já passou por uma fase como a que estou passando, tiver algum conselho ou só algum comentário aleatório, não se prenda a vergonha e, por favor, comente, isso nos deixará muito feliz.

Isso é tudo, pessoal.

Besitos, Carol.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s